Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora
Músicas recentes: Veja as músicas que já tocaram por aqui.

Suspeitos confessam homicídio de filho de ex-inspetor da PJ - Rádio Linha Horizonte

Fale conosco via Whatsapp: +351 917880437

No comando: Auto DJ

Das 00:00 às 11:00

No comando: Auto DJ

Das 00:01 às 02:00

No comando: Auto DJ

Das 00:01 às 11:00

No comando: Rádio Show

Das 02:00 às 05:00

No comando: Auto DJ

Das 05:00 às 11:00

No comando: 80 por Hora

Das 11:00 às 12:00

No comando: Domingão Sertanejo

Das 11:00 às 13:00

No comando: Manhãs da Rádio

Das 11:00 às 14:00

No comando: Amado Batista Show

Das 12:00 às 13:00

No comando: Top 12

Das 13:00 às 14:00

No comando: Planeta da Alegria

Das 14:00 às 15:00

No comando: Viva a Rádio

Das 14:00 às 18:00

No comando: 2%Sertanejo

Das 15:00 às 17:00

No comando: Tardes da Rádio

Das 17:00 às 18:00

No comando: Viva a Rádio

Das 18:00 às 20:00

No comando: Show da Noite

Das 20:00 às 22:00

No comando: Top 30

Das 22:00 às 23:59

No comando: Coração Sertanejo

Das 22:00 às 23:59

No comando: Songs Off Love

Das 22:00 às 23:59

Suspeitos confessam homicídio de filho de ex-inspetor da PJ

Vítima foi esfaqueada até à morte no Campo Pequeno, em Lisboa.

Os três suspeitos detidos pelo homicídio do jovem de 24 anos, filho de um antigo inspetor-chefe da Polícia Judiciária (PJ), terão confessado o crime, cometido no dia 28 de dezembro, no Campo Pequeno, em Lisboa, avança a TVI24.

Ainda segundo o canal de Queluz, um dos suspeitos terá fugido do local do crime logo após o assalto que culminou na morte de Pedro Fonseca. Já os outros dois colocaram-se em fuga num primeiro momento, mas regressaram ao local para tentar socorrer a vítima momentos depois do esfaqueamento.

Contudo, antes da equipa de emergência médica chegar, colocaram-se novamente em fuga.

Além das imagens registadas pelas câmaras de vigilância da estação de metro do Areeiro, foi essencial para a identificação dos suspeitos o depoimento de uma testemunha, também familiar de um inspetor da PJ, que passou pelos dois homens que voltaram para trás após o assalto para auxiliar a vítima.

A confissão acontece depois de várias diligências realizadas pela PJ, na manhã desta segunda-feira, com buscas que aconteceram na zona de Queluz e na zona da Amadora , onde foi possível intercetar os três homens de origem guineense e detêlos por suspeitas de envolvimento no roubo e homicídio do jovem.

Dois dos suspeitos são menores

A PJ enviou um comunicado às redações onde revela que os suspeitos detidos pela morte de Pedro Fonseca têm 16, 17 e 20 anos.

Os três estão “fortemente indiciados pela prática, em coautoria, de crimes de homicídio qualificado e de roubo” depois de terem atingido a vítima “com dois golpes de uma arma branca de elevadas dimensões”.

Além disso, no mesmo documento, a PJ adianta que, cerca de duas horas antes do homicídio, os jovens tinham roubado um estudante que passava na mesma área geográfica onde ocorreu o segundo crime.

Na sequência das diligências realizadas esta segunda-feira e que culminaram na detenção dos suspeito, a PJ apreendeu vários elementos de natureza probatória demonstrativos da prática dos crimes, incluindo a arma utilizada para esfaquear o jovem, filho de um ex-inspetor da PJ.

Durante as mesmas buscas, a PJ apreendeu mais de 50 doses de cocaína aos suspeitos.

Os detidos serão presentes a tribunal esta terça-feira, para primeiro interrogatório judicial, onde saberão as medidas de coação tidas como adequadas.

A PJ vai prosseguir com a investigação, na qual irá, também esclarecer o eventual envolvimento dos suspeitos noutros crimes patrimoniais violentos.

 

 

 

 

 

 

Noticias ao Minuto

Deixe seu comentário:

Peça sua música

Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Clique aqui e faça o seu Pedido de Música

Curta no Facebook

TV HORIZONTE

Staff da Rádio

Últimos eventos