Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora
Músicas recentes: Veja as músicas que já tocaram por aqui.

Bruxelas diz que OE2020 pode estar em risco de incumprimento - Rádio Linha Horizonte

Fale conosco via Whatsapp: +351 917880437

No comando: Auto DJ

Das 00:00 às 11:00

No comando: Auto DJ

Das 00:01 às 02:00

No comando: Auto DJ

Das 00:01 às 12:00

No comando: Rádio Show

Das 02:00 às 05:00

No comando: Auto DJ

Das 05:00 às 10:00

No comando: Domingão Sertanejo

Das 10:00 às 13:00

No comando: Manhãs da Rádio

Das 11:00 às 14:00

No comando: Amado Batista Show

Das 12:00 às 13:00

No comando: Top 12

Das 13:00 às 14:00

No comando: 2%Sertanejo

Das 14:00 às 16:00

No comando: Viva a Rádio

Das 14:00 às 18:00

No comando: Planeta da Alegria

Das 16:00 às 17:00

No comando: Tardes da Rádio

Das 17:00 às 18:00

No comando: Viva a Rádio

Das 18:00 às 20:00

No comando: Show da Noite

Das 20:00 às 22:00

No comando: Top 30

Das 22:00 às 23:59

No comando: Coração Sertanejo

Das 22:00 às 23:59

No comando: Songs Off Love

Das 22:00 às 23:59

Bruxelas diz que OE2020 pode estar em risco de incumprimento

A Comissão Europeia convida o Governo a tomar as medidas que se revelem necessárias.

Comissão Europeia voltou a alertar que o Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) está em risco de não cumprimento com as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, de acordo com o comentário ao plano orçamental português, publicado esta quarta-feira. Bruxelas recomenda assim que o Governo tome medidas que se revelem necessárias.

“No geral, a Comissão [Europeia] é da opinião que a o Esboço do Plano Orçamental atualizado esta em risco de não cumprimento com as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento”, escreve a Comissão Europeia.

Quando recebeu o primeiro plano orçamental, ainda só com as projeções macroeconómicas, a Comissão Europeia alertou que o documento dava a entender que Portugal poderia estar em risco de incumprimento, a par de outros países com Bélgica, Espanha, França ou Itália.

Nos pareceres publicados em novembro, o executivo comunitário considerava que o projeto de plano orçamental de Portugal para o próximo ano apresentava um “risco de desvio significativo da trajetória de ajustamento rumo ao objetivo orçamental de médio prazo” e “cumprimento do valor de referência de redução da dívida”.

Segundo o executivo comunitário, “o saldo estrutural recalculado no plano orçamental atualizado está próximo do objetivo orçamental de médio prazo em 2020, mas a Comissão projeta um risco de desvio significativo do ajustamento necessário com vista ao objetivo orçamental de médio prazo em 2019 e 2020, com base numa avaliação global dos dois pilares”.

Já quanto à redução da dívida, que suscitou reparos de Bruxelas por ocasião da sua análise ao primeiro esboço de plano orçamental, a Comissão Europeia considera agora, com base nas suas projeções, que Portugal fará “progressos suficientes” com vista ao cumprimento das metas de redução da dívida tanto para 2019 como para 2020.

Admitindo que as suas projeções em termos de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), inflação e desenvolvimentos no mercado de trabalho estão muito próximas daquelas contidas no plano orçamental atualizado apresentado pelo Governo há um mês, a Comissão Europeia considera que, “em termos globais, o cenário macroeconómico subjacente ao plano orçamental atualizado parece ser plausível”, tanto para 2019 como para 2020.

Na proposta de OE2020 apresentada em 17 de dezembro, o Governo prevê um crescimento de 1,9% do PIB em 2020, segundo a proposta de OE2020, uma décima abaixo da previsão que estava inscrita no Projeto de Plano Orçamental submetido a Bruxelas em 15 de outubro.

Apontando que “também é da opinião de que Portugal alcançou progressos limitados no que respeita à parte estrutural das recomendações orçamentais” apresentadas pelo Conselho em julho de 2019 no contexto do Semestre Europeu de coordenação de políticas económicas e orçamentais, Bruxelas “convida as autoridades a acelerar os progressos” neste domínio.

“Uma avaliação abrangente dos progressos feitos em termos de implementação das recomendações específicas por país será feita no Relatório por País de 2020 e no contexto das recomendações específicas por país que a Comissão proporá na primavera de 2020”, indica o executivo de Bruxelas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Noticias ao Minuto

Deixe seu comentário:

Peça sua música

Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Clique aqui e faça o seu Pedido de Música

Curta no Facebook

TV HORIZONTE

Staff da Rádio

Últimos eventos